Ensino e debate sobre tecnologia em disciplinas de comunicação: buscando tornar os conceitos relevantes para o cotidiano dos estudantes

Juliana Soares

Resumen


Estas son reflexiones sobre la experiencia de discutir conceptos sobre
la tecnología en clases de grado de la disciplina “Introducción a
la comunicación” de la Universidad de Brasília de 2012 a 2013 y en
clases de posgrado de las disciplinas “Media, tecnología, información
y comunicación” y “Narrativas periodísticas digitales” del Instituto de
Educación Superior de Brasília de 2015 a 2018. Se hace el esfuerzo de
contextualizar los nuevos medios en la historia, a partir de la ecologia
actual de los medios de comunicación. El planeamiento de las clases
considera algunos recursos de apoyo, como el documental sobre la obra
de McLuhan y los consejos del profesor David Bobbitt. Los estudiantes
fueron invitados a aplicar las ideas en productos de comunicación

Palabras clave


Tecnología, medio digital, aulas, comunicación.

Texto completo:

PDF HTML

Referencias


Alonge, Wagner (2006). Ágoras digitais: a emergência dos blogs no

ciberespaço e suas implicações na sociabilidade e cultura midiática.

Congresso Anual da Associação Brasileira de Pesquisadores de

Comunicação e Política, ocorrido na Universidade Federal da Bahia

– Salvador-BA.

Barbosa, Marialva (2009). Comunicação e história: presente e passado em

atos narrativos. Comunicação, mídia e consumo. São Paulo: vol. 6,

n. 16.

Bobbitt, David (2011). Teaching McLuhan: Understanding Understanding

Media. Enculturation. University of Texas. December 30. Disponível

em http://enculturation.net/teaching-mcluhan (consulta em 2015

janeiro 01).

Briggs, Asa; Burke, Peter (2006). Uma história social da mídia: De

Gutenberg à Internet. Rio de Janeiro, Jorge Zahar.

Castells, Manuel (2005). Internet e Sociedade em Rede. Em Morae, Dênis

(org.) Por uma outra comunicação – mídia, mundialização

cultural e poder. Rio de Janeiro, São Paulo, Record.

Capentier, Nico (2012). The concept of participation. If they have access and

interact, do they really participate? Fronteiras - estudos midiáticos.

Vol. 14 Nº 2 - maio/agosto.

Instituto Brasileiro De Geografia E Estatística – IBGE (2016). Acesso

à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para

uso pessoal 2016: PNAD contínua. Disponível em https://

agenciadenoticias.ibge.gov.br/media/com_mediaibge/arquivos/

c62c9d551093e4b8e9d9810a6d3bafff.pdf (consulta em 2018, agosto

.

Jenkins, Henry (2009). Cultura da Convergência, São Paulo, Aleph.

McLuhan, Marshal (2007). Os meios de comunicação: como extensões do

homem, São Paulo, Editora Cultrix.

Palácios, Marcos (2014). Memória: Jornalismo, memória e história na era

digital. Em Canavilhas, João (org.) Webjornalismo – 7 características

que marcam a diferença. Covilhã: Livros LabCom.

Pereira, Vinicius Andrade (2004). As tecnologias de Comunicação como

gramáticas: meio, conteúdo e mensagem na obra de M. McLuhan.

Contracampo (UFF), Niteroi - RJ, v. 10/11, p. 07-20.

Primo, Alex (2005). Para além da emissão sonora: as interações no

podcasting. Intexto, Porto Alegre, n. 13. Disponível em http://seer.

ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/4210 (consulta em 2018,

agosto 15)

Ribeiro, Murian (2010). Construção da Informação na Internet e em Sites

de Redes Sociais: A Nova Forma de Visão da Informação. XXXIII

Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Caxias do

Sul, RS – 2 a 6 de setembro.




Universidad del Zulia/ Venezuela/ Quórum Académico/ ciciluz1@gmail.com/ ISSN 1690-7582 / e-ISSN: 2542-3223

ReviCyHLUZ

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 3.0 Unported.